• Thayane Gomes

Persépolis: um retrato da revolução Iraniana

Atualizado: Jul 2

Publicado entre 2000 e 2003 pela artista gráfica iraniana Marjane Satrapi, a HQ autobiográfica Persépolis é um quadrinho escrito em francês dividido em quatro partes, foi produzido como forma de ilustrar a realidade de seu país e de sua cultura às pessoas com as quais convivia na Europa e em 2007 ganhou uma versão animada que foi premiada 4 vezes inclusive o prêmio especial do júri no festival de Cannes.


Marjane Satrapi

Marjane Satrapi tinha 10 anos quando se iniciou a Revolução Islâmica/Iraniana, comandada pelo Aiatolá Khomeini que derrubou o Reza Pahlavi e implantou um novo regime. Nascida e criada em uma família moderna e politizada, ela que sonhava em ser vidente se viu obrigada a usar o véu numa sala de aula só para meninas quando ainda estava formando suas primeiras opiniões políticas, assistiu a implantação do regime totalitário Xiita e nos ano seguinte a Guerra entre o Irã e Iraque, aos 14 Marjane foi mandada para morar sozinha, estudar na Áustria e fugir da guerra pois seus pais temiam que sua ideias libertarias se chocasse com o fundamentalismo religioso implantado no país pós revolução, anos depois volta ao seu país já sem guerra, mas totalmente opressor.


No começo da história a Marjane lida com a loucura política da época de uma forma peculiar e fofinha, os novos conteúdos ensinados nas escolas, a perseguição política aos opositores do regime tudo nos é transmitido de forma suave e fácil de ler, o período da guerra é extremamente interessante, sua família morava na capital Teerã e o país estava sendo constantemente bombardeado. Através de uma perspectiva feminista de oposição à opressão sofrida pelas mulheres no país a autora trata alguns temas, muitas vezes sérios, com humor, o que torna a história agradável e interessante.


Reprodução HQ
Reprodução HQ

A leitura da HQ possibilita ainda entender os motivos que levaram o Estado Iraniano a se opor aos EUA e ser, nos dias atuais, alvo de sanções econômicas, principalmente após o desenvolvimento de um projeto nuclear, além de ser um dos pontos críticos da questão do petróleo. A versão animada lançada em 2007 dirigida pela Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud trouxe ainda mais fama ao quadrinho, trata-se de uma obra de encher os olhos, uma poesia visual, narrativa e sonora, vale a pena conhecer um pouco mais desta revolução que mudou a política mundial.


Confira o trailer abaixo:



32 visualizações

Todas as imagens de livros, filmes, séries, jogos,  ou qualquer criações visual autoral são de seus respectivos proprietários.

Copyright Máquina dos Tempos. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do maquinadostempos.com. Para reproduzir qualquer conteúdo, entre em contato conosco: maquinadostempos@hotmail.com

O Máquina dos Tempos traz para você as histórias que moldaram o mundo através dos tempos. Com compromisso ético e científico, pretendemos fazer a análise e o debate histórico algo divertido e de amplo alcance. Por meio de um canal livre e aberto, entre diversos historiadores e historiadoras do Brasil.

Receba nossas atualizações

Preencha o formulário com seu e-mail e nome e receba e seja notificado sempre que o Máquina dos Tempos lançar novos conteúdos.

SIGA-NOS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
Logo - Máquina dos Tempos
Logo - Máquina dos Tempos