Os 10 livros de História Geral mais vendidos na Estante Virtual no mês de Março

Repleta de best-sellers de Yuval Noah Harari, lista traz alguns clássico e uma novidade: A Grande Mortandade, de John Kelly!


Apresentamos uma lista repleta de best-sellers de Yuval Noah Harari e de livros que propõe uma história ampla - porém, contraditoriamente, breve. Mas, não nos mostrando por vencidos temos também grandes clássicos que volte-meia a leitura se torna necessária tais como: As veias abertas da América latina e Era dos Extremos o Breve Século XX 1914-1991. A grande novidade recai, justamente, com o décimo lugar! A Grande Mortandade, autoria de John Kelly analisa a Peste Negra, que assolou a Europa no século XIV, matando um terço da população - são as agitações do tempo presente nos fazendo recorrer a história das pandemias.


Enfim, vem com a gente conferir!



1. Sapiens - uma Breve Historia da Humanidade (Yuval Noah Harari)

O autor apresenta a história da humanidade, ou do homo sapiens, desde o surgimento da espécie durante a pré-história até o presente, mas em vez de apenas “inventariar” os fatos históricos ele os relaciona com questões do presente e os questiona de maneira surpreendente. Além disso, para cada fato ou crença que temos como certa hoje em dia, o autor apresenta as diversas interpretações existentes a partir de diferentes pontos de vista, inclusive as muito atuais, e vai além, sugerindo interpretações muitas vezes desconcertantes. Yuval Noah Harari é professor do departamento de história da Universidade Hebraica de Jerusalém. É especialista em história mundial, medieval e militar.



2. 21 Lições para o Século 21 (Yuval Noah Harari)

Como podemos nos proteger de guerras nucleares, cataclismos ambientais e crises tecnológicas? O que fazer sobre a epidemia de fake news ou a ameaça do terrorismo? O que devemos ensinar aos nossos filhos? Em Sapiens, Yuval Noah Harari mostrou de onde viemos; em Homo Deus, para onde vamos. 21 lições para o século 21 explora o presente e nos conduz por uma fascinante jornada pelos assuntos prementes da atualidade. Seu novo livro trata sobre o desafio de manter o foco coletivo e individual em face a mudanças frequentes e desconcertantes. Seríamos ainda capazes de entender o mundo que criamos?


3. As Veias Abertas da América Latina (Eduardo Galeano)

Remontando a 1970, sua primeira edição, atualizada em 1977, quando a maioria dos países do continente padecia facinorosas ditaduras, este livro tornou-se um 'clássico libertário', um inventário da dependência de que a América Latina tem sido vítima, desde que nela aportaram os europeus no final do século XV. No começo, espanhóis e portugueses. Depois vieram ingleses, holandeses, franceses, modernamente os norte-americanos, e o ancestral cenário permanece - a mesma submissão, a mesma miséria, a mesma espoliação.


4. Homo Deus - uma Breve História do Amanhã (Yuval Noah Harari)

Neste Homo Deus: uma breve história do amanhã, Yuval Noah Harari, autor do estrondoso best-seller Sapiens: uma breve história da humanidade, volta a combinar ciência, história e filosofia, desta vez para entender quem somos e descobrir para onde vamos. Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens, Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra? A partir de uma visão absolutamente original de nossa história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar o passado de uma maneira inteiramente nova. Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana será também redescobrir quem fomos e quais caminhos tomamos para chegar até aqui.


5. Uma Breve História do Mundo (Geoffrey Blainey)

"É como ver a paisagem pela janela de um trem em movimento", afirma o Prof. Geoffrey Blainey, um dos mais aclamados historiadores da atualidade. Em Uma Breve História do Mundo, o autor faz um balanço da fantástica saga da humanidade, magistralmente compilada desde seus primórdios até os frenéticos dias em que vivemos. Sem jamaisperder o foco, Blainey vai mais além: descreve a geografia das civilizações e analisa o legado de seus povos. O leitor deve se preparar para uma viagem inesquecível: saberá como eram as noites dos primeiros nômades; testemunhará o surgimento das religiões; questionará a carnificina das guerras e acompanhará a ascensão e queda dos grandes impérios. Uma Breve História do Mundo vai entrelaçando a história de um povo a outro, de forma didática e vibrante. Distante de formalismos, o livro instiga e envolve o leitor página por página, levando-o a conhecer e interpretar melhor os fatos que nos levaram aos dias de hoje.


6. História da Riqueza do Homem (Leo Huberman)

Este livro tem um duplo objetivo. É uma tentativa de explicar a história pela teoria econômica e a teoria econômica pela história. Leo Huberman assim justificou a criação de sua História da Riqueza do Homem – explicação esta sem razão de ser. Se a simples citação da palavra “economia” provoca bocejos entre os jovens numa sala de aula, lero livro de Huberman, porém, remete o leitor ao desenvolvimento da sociedade humana impulsionado por sangue, revoluções, traições e pactos selados, principalmente, por homens de visão. Pensado anteriormente para leitores juvenis, História da Riqueza do Homem terminou por expandir seu alcance até tornar-se um clássico obrigatório. Cobrindo da Idade Média até o nascimento do nazifascismo, a saga da economia mundial, infelizmente, encerrava-se em meados dos anos 1930.


7. Era dos Extremos o Breve Século XX 1914-1991 (Eric Hobsbawm)

Eric Hobsbawm, dá seu testemunho sobre o século XX: "Meu tempo de vida coincide com a maior parte da época de que trata este livro", diz ele na abertura, "por isso até agora me abstive de falar sobre ele". Neste livro fascinante, porém, ele abandona seu silêncio voluntário para contar, em linguagem simples e envolvente, a história da "era das ilusões perdidas".


8. História da Civilização Ocidental (Edward Mcnall Burns)

Começando na pré-história, esta história da humanidade encerra sólida descrição e análise lúcida das lutas, realizações e malogros do ser humano desde sua origem mais remota até a atualidade.


9. História Marítima (João Carlos Caminha)

História marítima nos leva a conhecer as motivações e o relacionamento de muitas nações com o mar. Inicia sua analise a partir do desenvolvimento marítimo de grandes nações e estados ao longo da história até adentrar propriamente na história brasileira - pincelando também sobre os aspectos geográficos da costa do país.


10. A Grande Mortandade (John Kelly)

A Peste Negra atingiu a Europa no século XIV, matando um terço da população. Baseado em uma pesquisa que ele próprio realizou, John Kelly apresenta A Grande Mortandade, uma instigante narrativa sobre a peste medieval, partindo de suas origens nas desoladas estepes da Ásia Central varridas pelo vento até sua jornada pelas populosas cidades da Europa.

0 visualização

Todas as imagens de livros, filmes, séries, jogos,  ou qualquer criações visual autoral são de seus respectivos proprietários.

Copyright Máquina dos Tempos. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do maquinadostempos.com. Para reproduzir qualquer conteúdo, entre em contato conosco: maquinadostempos@hotmail.com

O Máquina dos Tempos traz para você as histórias que moldaram o mundo através dos tempos. Com compromisso ético e científico, pretendemos fazer a análise e o debate histórico algo divertido e de amplo alcance. Por meio de um canal livre e aberto, entre diversos historiadores e historiadoras do Brasil.

Receba nossas atualizações

Preencha o formulário com seu e-mail e nome e receba e seja notificado sempre que o Máquina dos Tempos lançar novos conteúdos.

SIGA-NOS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
Logo - Máquina dos Tempos
Logo - Máquina dos Tempos