• Leonardo Kröhling

Conheça Anísio Manoel de Souza, o soldado mais velho da história do Exército Brasileiro

Atualizado: Jun 4

Anísio Manoel de Souza entrou para a vida militar em 1837 e só se aposentou em 1935, aos 113 anos de idade!


Nascido em São Gabriel (RS), Anísio Manoel de Souza foi um escravo que com apenas 15 anos, em 1837, se alistou nas tropas de Bento Gonçalves durante a Guerra dos Farrapos (1835-1845). Com o Tratado de Poncho Verde promovido por Duque de Caxias, Anísio ganhou sua alforria, porém pouco se sabe sobre detalhes da vida do soldado. Contudo, com o início da Guerra do Paraguai (1864-1870), Anísio voltou para os campos de batalha e com o fim do conflito foi promovido a cabo, ficando na instituição até 1935, quando contava com os seus 113 anos! Acredita-se que o gaúcho só não subiu mais na carreira militar pelo fato de sua origem escrava.


Quando questionado o porquê continuava no Exército com uma idade muito avançada, se recusando a se aposentar e ir para casa, Anísio dizia que teria tempo para descansar depois. Ele se aposentou em 1935 e viveu mais três anos, falecendo em 1938. Neste ano faleceu sentado numa cadeira olhando para uma porta. Ele ainda era lúcido e a causa da morte foi uma parada cardíaca. Até hoje, é considerado o soldado mais velho da história do Exército Brasileiro.

Fotografia de Anísio encontrada num livro que conta a história do município de São Gabriel.

Apesar de ser o soldado mais velho do Exército, não foi o último veterano da Guerra do Paraguai. Existe uma fotografia onde o último veterano vivo é homenageado na Praça Garibaldi em Porto Alegre (RS), pelo Coronel da Polícia Militar Dastro Dutra, em 20 de Setembro de 1951.

Via: Museu da Vitória.

0 visualização

Todas as imagens de livros, filmes, séries, jogos,  ou qualquer criações visual autoral são de seus respectivos proprietários.

Copyright Máquina dos Tempos. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do maquinadostempos.com. Para reproduzir qualquer conteúdo, entre em contato conosco: maquinadostempos@hotmail.com

O Máquina dos Tempos traz para você as histórias que moldaram o mundo através dos tempos. Com compromisso ético e científico, pretendemos fazer a análise e o debate histórico algo divertido e de amplo alcance. Por meio de um canal livre e aberto, entre diversos historiadores e historiadoras do Brasil.

Receba nossas atualizações

Preencha o formulário com seu e-mail e nome e receba e seja notificado sempre que o Máquina dos Tempos lançar novos conteúdos.

SIGA-NOS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
Logo - Máquina dos Tempos
Logo - Máquina dos Tempos